Conhecer os principais tipos de tecido é muito importante para fazer camisas sob medida, ternos ou qualquer outra peça em alfaiatarias. Afinal, eles são um dos grandes fatores para a qualidade de uma roupa.

Por isso, separamos quatro dos tecidos mais utilizados em boas alfaiatarias para que você consiga escolher o ideal para as suas necessidades. Continue lendo e conheça-os!

 

Crepe alfaiataria

Esse é um dos tecidos mais encontrados na alfaiataria devido à sua extrema elegância e qualidade. Uma das suas principais características é a sua textura pigmentada, tendo uma aparência fosca e um aspecto granulado.

Além disso, ele é bastante encorpado, oferecendo um caimento mais pesado. Mas não é por esse atributo que o crepe alfaiataria deixe de trazer conforto. Afinal, o tecido tem elastano na composição, sendo bastante elástico e confortável.

Jacquard

Muitas vezes quem procura por mais sofisticação e elegância opta pelo jacquard. Isso porque a sua principal característica já denota toda o requinte que o tecido tem: detalhes em alto-relevo ao longo da superfície.

No entanto, o jacquard não para por aí, pois o tecido tem um caimento pesado – assim como o crepe alfaiataria. Além disso, ele é encorpado e tem uma espessura mais grossa, facilitando a criação de boas peças estruturadas.

Linho

O linho é bastante associado às estações mais quentes do ano por ser muito leve, visto que é composto por fibra natural. Além disso, ele é clássico, sofisticado e costuma ser a base de peças com cortes retos e elegantes.

E mais: esse tecido é bastante versátil, funcionando bem em diversas ocasiões. Mas para que essa afirmação seja verdadeira, vale ressaltar que você deve escolher o tipo de linho ideal dentre os três existentes: puro, misto e cambraia.

O puro é o mais pesado, sendo ideal para confeccionar bermudas, calças e vestidos por causa da maciez e durabilidade. Já o misto é misturado

 

com algodão e viscose, sendo mais barato e amassando menos. Por fim, o cambraia é o mais leve e fresco, ótimo para blusas finas e camisas de linho que exijam frescor.

Lã fria

Geralmente utilizada para confeccionar ternos, a lã fria é composta por um isolante térmico que consegue reduzir a sensação térmica em até 5° C. Com isso, ela é um tecido inteligente que protege do calor e facilita a transpiração.

Além disso, a lã fria não irrita a pele e oferece algumas características que conferem elegância, tais como amassar menos e ter um brilho equilibrado. Ainda vale ressaltar a lã mista que é feita com 35% de lã e 65% de poliester, sendo ótima para o feitio de ternos, calças e blazers.

 

Agora que você já conhece os principais tipos de tecido usados nas alfaiatarias, que tal fazer a sua própria peça sob medida na Premium Alfaiataria? Entre em contato conosco para ter uma roupa única e exclusiva com caimento perfeito no seu corpo!